Fadiga Ocular, o que é e quais são as suas causas?

Fadiga Ocular
Fadiga Ocular

Diagnóstico da Fadiga Ocular

A cada dia, cresce o número de institutos e entidades médicas preocupadas em alertar sobre os males envolvendo os problemas de visão em crianças e adolescentes.

Ademais sabemos que entre os problemas mais comuns vamos encontrar a fadiga ocular.

Conforme sabemos hoje, crianças têm acesso fácil e às vezes sem limites a computadores, tablets e smartphones.

Então se por um lado a tecnologia tem chegado cada vez mais cedo na vida das pessoas, do outro temos o uso desmedido e os problemas de saúde que ela pode causar.

O que é a fadiga ocular?

Fadiga Ocular

Fadiga Ocular

Certamente, o  surgimento da fadiga ocular se dá pelo fato de que a estrutura do olho humano não desenvolveu a capacidade de fixação em um único ponto por um período relativamente longo.

E mo os olhos se cansam com o passar do tempo, aliás eles tentam fazer ajustes sutis por meio da musculatura interna para melhorar o foco.

É a partir disso que os sintomas mais comuns da fadiga ocular surgem.

Causas da fadiga ocular

Fadiga Ocular

Causas da Fadiga Ocular

Por padrão se divide as causas da fadiga ocular em duas frentes: aquela que tem origem no uso intenso e forçado do sistema ocular e aquela que surge devido a alguma doença dos olhos.

Doenças nos olhos

No grupo de doenças oculares que podem ocasionar a fadiga ocular podemos destacar a hipermetropia, o astigmatismo e a miopia como as mais frequentes.

Cansaço excessivo

Entre os fatores causadores da fadiga ocular devido a esforço intenso da visão temos o uso, sem os devidos cuidados, de vídeo-games, smartphones, tablets e computadores. Além disso, a exposição prolongada da visão a uma luz intensa pode provocar o surgimento da fadiga ocular. Entretanto, entenda que as suas causas podem ter origem em vários tipos de esforços, como a leitura, por exemplo.

Diagnóstico da fadiga ocular

Fadiga Ocular

Diagnóstico da Fadiga Ocular

Para realizar o diagnóstico da fadiga ocular o médico oftalmologista levará em consideração o histórico da criança. dessa maneira que ele poderá identificar a presença ou não de alguma doença ocular grave ou ainda, quais as medidas que deverão ser adotadas no dia a dia para que o problema seja evitado e corrigido.

Assim é fundamental a procura por um profissional dos olhos, especialmente quando consideramos os efeitos e consequências negativas que qualquer tipo de problema visual poderá provocar no desenvolvimento das crianças.

Estudos realizados por órgãos competentes já evidenciaram que aspectos como a capacidade de aprender e o desenvolvimento intelectual são afetados por esses erros de visão, por mais simples que sejam.

Cuidados que ajudam a evitar a fadiga ocular

  • Piscar contribui para que a umidade ocular esteja dentro dos níveis corretos. Além disso, é fundamental para a manutenção das defesas do olho e da boa visão;
  • Deve-se evitar que os olhos recebam a incidência direta do ar proveniente de ventiladores e ar condicionado, assim, o globo ocular manterá sua umidade e estará mais protegido contra a entrada de impurezas.
  • Telas de computadores e televisores entre outros equipamentos devem ser mantidas a uma distância entre 50 e 70 cm dos olhos.
  • Em dias de baixa umidade deve-se ficar atento a ingestão de líquidos. Se for possível, pode-se usar umidificadores de ar para amenizar a secura do ambiente.
  • Embora o uso de colírios e quaisquer outros medicamentos podem aliviar a fadiga, deve ser feito somente sob orientação médica.

Por fim, se a criança apresentar um aumento de sensibilidade à luz, visão dupla, olhos lacrimejantes ou secos, irritação, vermelhidão e até mesmo dores de cabeça não deve-se demorar em procurar ajuda de um oftalmologista para que ele possa orientar sobre as causas e as medidas de tratamento que devem ser tomadas.

Nós, da Baby Eye Care Brasil, apoiamos o movimento a favor da saúde ocular dos bebês

e acreditamos que o diagnóstico precoce é o único caminho para uma saúde oftalmológica completa.

Gostaria de ter a chance de tratar o seu filho a tempo ou ao menos oferecer-lhe maior conforto?

Contate-nos para mais informações: (11) 3171-3123 ou contato@babyeyecarebrasil.com.br.

A Visão do bebê

www.babyeyecarebrasil.com.br

Dr. Homero Augusto de Miranda II é formado pela Faculdade de Medicina da Santa Casa da São Paulo em 1994,

onde também fez sua residência e fellowship (Hospital Santa Casa em São Paulo). Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia e Academia Americana de Oftalmologia.

Dr. Homero

Dr. Homero

 

 

Artigos relacionados

Gostou desse artigo? Então compartilhe nas redes sociais:
WhatsApp Entre em contato