Você sabia que as fotos podem ajudar no diagnóstico de problemas oculares?

Estar atento aos sinais de que algo não vai bem com a visão do seu filho é fundamental para a sua saúde e desenvolvimento.

Porém, o diagnóstico e percepção de problemas oculares pode não ser assim tão simples,

assim sendo importante estar atento a alguns detalhes.

Hoje em dia, com a popularização das redes sociais,

tirar fotos de bebês e crianças para postar no Instagram e Facebook tem se tornado uma atitude comum.

O que os pais certamente não saibam é que as fotos são grandes aliadas na detecção precoce de problemas oculares.

Isso porque o reflexo do flash da câmera pode revelar problemas de visão comuns ou raros.

Basta observar com atenção como os olhos das crianças e bebês reagem ao flash da câmera fotográfica.

Logo abaixo você confere algumas dicas e informações sobre como as fotos podem ajudar no diagnóstico de doenças oculares.

Problema Oculares

Problema Oculares

Porque as fotos revelam problemas oculares?

O reflexo vermelho nos dois olhos em fotografias,

certamente na maior parte dos casos, indica que a retina do bebê está saudável.

Pois esta região do olho possui um intenso fluxo de sangue, que acaba sendo iluminado através do flash da câmera.

O reflexo vermelho fora do padrão ocorre quando a retina,

ao ser iluminada pelo flash, reflete na cor branca, amarela ou preta,

podendo ser notada em um ou nos dois olhos do bebê.

Os pais devem estar atentos aos sinais de anomalias e problemas oculares que podem ser vistos através das fotos,

mas o diagnóstico correto só pode ser dado por um oftalmopediatra.

Além disso, a qualidade da foto e as condições nas quais a mesma foi tirada, também auxiliam no diagnóstico preciso de problemas de visão nos pequenos.

Para isso certifique-se de que:

  • O bebê esteja olhando diretamente para a lente da câmera no momento da foto;
  • O flash da câmera deve estar ligado;
  • A luz de fundo deve ser fraca;
  • Desligue a função de redução de olhos vermelhos.

Por que reflexo branco, amarelo ou preto representam problemas oculares?

Como mencionado anteriormente, o reflexo vermelho nos dois olhos, normalmente indicam que está tudo bem com a visão do bebê.

Porém, se o reflexo vermelho for menos intenso ou só aparecer em um dos olhos, este pode ser um sinal de estrabismo.

O estrabismo, ou desalinhamento da visão, ocorre quando os olhos não conseguem fixar o mesmo ponto ao mesmo tempo.

O tratamento do estrabismo pode incluir o uso de óculos ou cirurgia de correção.

Se detectado precocemente, os tratamentos para o estrabismo possuem excelentes resultados.

Já o reflexo branco em um dos olhos pode ser sinal de doenças como:

catarata, infecção ocular e descolamento da retina.

Além disso, o reflexo branco em um dos olhos do bebê pode ser um sinal de retinoblastoma,

um câncer ocular raro, que quando detectado precocemente possui grandes chances de cura.

aliás, o reflexo ocular amarelo pode indicar uma doença de Coats,

ademais a condição  afeta o desenvolvimento dos vasos sanguíneos presentes nos olhos, que se não tratada pode levar ao descolamento da retina.

Caso você tenha notado alguma anormalidade na visão do seu pequeno,

procure um oftalmopediatra para um diagnóstico mais preciso.

Quando detectadas precocemente, os problemas oculares possuem grandes chances de cura. Consulte a Baby Eye Care e saiba mais!

Problema Oculares

Problema Oculares

BABY EYE  CARE BRASIL

Nós, da Baby Eye Care Brasil, apoiamos o movimento a favor da saúde ocular dos bebês

afinal  acreditamos que o diagnóstico precoce é o único caminho para uma saúde oftalmológica completa.

Exames Oftalnológicos

Exames Oftalmológicos

Gostaria de ter a chance de tratar o seu filho a tempo ou ao menos oferecer-lhe maior conforto?

Contate-nos para mais informações: (11) 3171-3123 ou contato@babyeyecarebrasil.com.br.

Dr. Marcelo Agra Cavalcante Costa - Diretor da Baby Eye Care Brasil

Dr. Marcelo Agra Cavalcante Costa – Diretor da Baby Eye Care Brasil

Professor e Chefe do Setor de Retina Infantil. Cirurgia Pediátrica e Neonatal, telemedicina e Retinopatia da Prematuridade da Santa Casa de SP.

 Também Membro Internacional da Academia Americana de Oftalmologia, atualmente dedica-se como Diretor da Baby Eye Care-SP.

Artigos relacionados

Gostou desse artigo? Então compartilhe nas redes sociais: