Você já levou seu filho ao oftalmologista pediátrico esse ano? Os exames oftalmológicos dele estão em dia?

Muitos pais só se preocupam com a saúde ocular do seu filho depois que a criança reclama que não consegue enxergar o quadro na escola. Essa é a consequência de deixar de fazer o teste do olhinho nos primeiros dias de vida do bebê.

Problemas oculares podem levar a danos irreversíveis se não tratados da forma correta e adequada, assim levando até mesmo à cegueira. Infelizmente, muitos deles são descobertos quando já é tarde demais, devido a falta de exames oftalmológicos desde cedo.

Quer saber como prevenir tais doenças?

Fique atento(a) a lista de exames oftalmológicos necessários de 0 até os 5 anos de idade!

1- Exames oftalmológicos: Teste do Olhinho Ampliado

[caption id="attachment_591" align="aligncenter" width="365"] Teste do Olhinho Ampliado [/caption]

Primeiramente, falaremos sobre o teste do olhinho ampliado que é extremamente necessário e deve ser feito nos primeiros dias de vida. Como pode imaginar, ele é mais completo que o teste do olhinho simples, afinal, ele vai muito mais além dando um resultado rápido e eficaz.

Ele é fundamental para saúde e bem estar do bebê, visto que é capaz de detectar doenças oculares com precisão para um tratamento precoce e acompanhamento do desenvolvimento visual do bebê. O teste traz muitos benefícios para o bebê por ser um exame eficaz e indolor. Após o teste são entregues fotografias laudadas pelo médico oftalmologista.

De acordo com pesquisadores, bebês com microcefalia devem passar pelo teste do olhinho, pois elas apresentarem problemas na retina.

A Baby Eye Care é a primeira clínica a realizar o teste do olhinho ampliado no Brasil.

Entre em contato para mais informações.

2- Exames oftalmológicos: Auto refrator Infantil

[caption id="attachment_216" align="aligncenter" width="429"] Auto-refrator Infantil [/caption]

O procedimento serve para medir a refração dos olhos da criança, analisando os dois olhos. Feito com pupilas não dilatadas o auto refrator pediátrico oferece cuidados oculares e identifica referencias falso-positivas. O exame é capaz de identificar transtornos comuns em crianças, como o estrabismo, astigmatismo, anisocoria, miopia, anisometropia e hipermetropia.

O procedimento é indicado para crianças de seis meses de idade até os 2 anos, mas também pode ser feito em crianças mais velhas.

3- Exames oftalmológicos: Retinografia para recém-nascidos. (RetCam)

[caption id="attachment_590" align="aligncenter" width="468"] Retcam[/caption]

O procedimento é realizado com o auxilio do RetCam que é utilizado tanto para a Retinografia quanto para o teste do olhinho ampliado. O RetCam é um equipamento de ultima geração que permite diagnósticos de várias patologias oculares.

Ele tem um sistema avançado e permite que o paciente não precise ficar imóvel durante o procedimento.

Basicamente, a retinografia para recém nascidos consiste em diagnosticar Retinopatia da Prematuridade e do Retinoblastoma, também conhecida como ROP. O médico se baseia em imagens virtuais de uma câmera de alta resolução, assim dando um diagnostico rápido e de maior precisão.

Esse exame é ideal para recém-nascidos por ser indolor.

4- Exames oftalmológicos: Mapeamento de Retina

[caption id="attachment_593" align="aligncenter" width="472"]Mapeamento de Retina Mapeamento de Retina[/caption]

O mapeamento de rotina é ideal para bebês prematuros, pois eles tem maiores chances de portar ROP (Retinopatia da Prematuridade e do Retinoblastoma). Esse exame serve para detectar alterações no fundo do olho que podem prejudicar a visão do bebê.

O exame é rápido e não é necessário fazer jejum para a realização do procedimento.

É importante que a criança tenha um acompanhamento médico adequado quando o assunto é a visão, ainda mais nos primeiros dias de vida.

5- Exames oftalmológicos: Teste ortóptico

[caption id="attachment_599" align="aligncenter" width="507"]Teste Ortóptico Teste Ortóptico[/caption]

O procedimento tem o objetivo de detectar modificações nos movimentos dos olhos e também fazer a avaliação do alinhamento ou desvio ocular, podendo assim identificar o estrabismo.

Além do estrabismo, ele é capaz de identificar estrabismo ou ambliopia que podem ser diagnosticados em casa e são comuns na primeira infância.

Caso seja detectada alguma alteração, o ideal é perguntar ao oftalmologista a melhor forma de tratamento.

É muito importante ouvir do médico oftalmologista sobre as melhores formas de tratamento.

O estrabismo pode regredir com o uso de óculos, porém, em alguns casos é necessário fazer cirurgia.

6- Exames oftalmológicos: Tonometria

[caption id="attachment_600" align="aligncenter" width="543"]Tonometria Tonometria[/caption]

Ele mede a pressão intraocular e é ideal para pacientes com glaucoma ou suspeita que tem a doença. Esse procedimento é realizado com o auxilio do tonômetro Icare®, mas não é necessário o uso do colírio.

A tonometria é rápida e a medição quase não é sentida pelo paciente, sendo assim, ideal para crianças.

7- Exames oftalmológicos: Teste de Teller

[caption id="attachment_607" align="aligncenter" width="628"] Teste de Teller[/caption]

Esse exame serve para medir a visão dos bebês, ou seja, vai informar o quanto a criança enxerga. O teste consiste em expor cartões com listras para a criança em um tempo de 20 ou 30 minutos. A criança deve escolher quais enxerga melhor até que não tenha mais preferencias.

Ele pode ser aplicado dos primeiros dias até 2 anos de idade, mas nada impede que crianças mais velhas também façam.

8- Leve o bebê a um especialista em oftalmologia pediátrica (Baby Eye Care Brasil)

Vale lembrar que é sempre bom precaver e cuidar. Ir frequentemente ao oftalmologista, não é exagero, sim precaução. Hoje em dia os pais já podem recorrer a exames e testes mais específicos, dessa forma, é possível garantir uma vida feliz e saudável para a criança. Esses exames são capazes de detectar e diagnosticar qualquer pequena doença ou alteração, assim prevenindo problemas futuros. Muitas dessas descobertas, quando tratadas desde cedo, podem trazer mais qualidade de vida para a criança! Consulte! Gostou das dicas e das informações que foram dadas ao longo desse conteúdo? Quer ficar por dentro de outros artigos? Como esse, eles vão lhe auxiliar nos primeiros meses e anos da vida do seu filho! Aproveite e se inscreva para receber a nossa Newsletter! Curta, compartilhe e comente esse artigo. Saiba mais sobre o teste do olhinho ampliado. Nós, da Baby Eye Care Brasil, apoiamos o movimento a favor da saúde ocular dos bebês e acreditamos que o diagnóstico precoce é o único caminho para uma saúde oftalmológica completa. Gostaria de ter a chance de tratar o seu filho a tempo ou ao menos oferecer-lhe maior conforto?

Contate-nos para mais informações: (11) 3171-3123 ou contato@babyeyecarebrasil.com.br.

A Visão do bebê

www.babyeyecarebrasil.com.br

Dr. Marcelo Alexandre Agra Cavalcante é Professor e Chefe do Setor de Retina Infantil. Cirurgia Pediátrica e Neonatal, telemedicina e Retinopatia da Prematuridade da Santa Casa de SP. Também Membro Internacional da Academia Americana de Oftalmologia, atualmente dedica-se como Diretor da Baby Eye Care-SP.

[caption id="attachment_191" align="aligncenter" width="551"] Dr. Marcelo Alexandre Agra Cavalcante Costa[/caption]