1 – Exames após o nascimento

Teste do olhinho

Teste do olhinho

Assim que um bebê nasce são realizados diversos exames a fim de prevenir doenças e constatar possíveis alterações que precisem de cuidados médicos.

O teste do olhinho simples faz parte dessa série de exames e serve para detectar possíveis disfunções oculares no recém-nascido, tratando-as rapidamente.

O exame pode ser feito ao longo das primeiras semanas de vida do bebê, entretanto o recomendado é que seja feito antes mesmo do recém-nascido sair da maternidade.

Dessa forma, caso haja alguma anomalia é possível realizar os procedimentos necessários em tempo, evitando sequelas mais graves.

O teste do olhinho vermelho é um exame realizado ainda na maternidade que pode ser feito por uma pessoa da saúde que muitas vezes não se trata de um oftalmologista pediátrico.

Ademais trata-se de um exame mais simples comparado com o exame do olhinho ampliado.

O exame do olhinho vermelho ou simples muitas vezes não é capaz de detectar uma futura doença que pode se manifestar.

Ainda o teste do olhinho ampliado por se tratar de um exame que analisa imagens e  é superior e é realizado por meio de um aparelho com tecnologia mais avançada capaz de trazer resultados ainda mais precisos.

2 – Teste do Olhinho Vermelho X Teste do Olhinho Ampliado

Teste do olhinho ampliado

Teste do olhinho ampliado

Diferente do teste do pezinho, o teste do olhinho Ampliado não é tão conhecido no universo da maternidade.

Mas é de de extrema importância e tem a função de prevenir e detectar doenças patológicas oculares.

Quer saber mais sobre esse exame?

Precisa entender as diferenças entre o teste do olhinho simples e o ampliado assim como a sua importância?

Continue sua leitura e confira detalhes do assunto.

O que é o teste do olhinho simples?

O teste do olhinho simples, conhecido também como teste do reflexo vermelho, é um exame normalmente oferecido pelo SUS e serve para detectar e prevenir possíveis doenças patológicas oculares.

Algumas dessas doenças são: glaucoma, alterações de retina, Retinoblastoma (tumor de retina), conjuntivite e catarata congênita. Essas doenças são as mais comuns na infância.

O exame deve ser feito nas primeiras semanas de vida do recém-nascido, de preferência antes da alta da maternidade, com o bebê já que assim fica mais fácil realizar algum procedimento caso seja necessário.

O teste do olhinho vermelho  é realizado pelo pediatra, oftalmologista ou qualquer médico devidamente treinado para realizar o procedimento.

Por ser um exame simples, por isso algumas doenças acabam não sendo diagnosticadas.

1 – por ausência de um especialista;

2 – Por isso o exame do olhinho simples “vermelho” está sendo substituído pelo exame do olhinho “ampliado”, exame mais moderno e mais eficaz, mas infelizmente não fornecido pelo SUS.

3 – Por que o teste do olhinho “AMPLIADO” é importante?

Teste do Olhinho Ampliado

Teste do Olhinho Ampliado

O teste do olhinho ampliado é importante, pois tem a finalidade de prevenir e identificar doenças oculares patológicas que muitas vezes o exame do Olhinho Vermelho ou Simples não diagnostica.

O exame é indicado a fazer já nas primeiras semanas de vida do bebê.

Afinal dessa maneira, caso haja qualquer anomalia, ela poderá ser descoberta precocemente e tratada de forma rápida.

É muito importante levar o bebê para acompanhamento com o oftalmologista nos primeiros anos de vida.

Isso porque existem diversas doenças oculares que podem passar despercebidas pelos pais e que se não tratadas, podem trazer problemas futuros difíceis de serem resolvidos.

Isso acontece porque as alterações que acontecem na fase inicial das crianças podem acarretar prejuízos no desenvolvimento de sua capacidade visual.

Caso essas doenças se desenvolvam sem a percepção de um adulto podem levar até mesmo à cegueira irreversível.

Muitos dos casos de cegueira ou de sequelas na visão poderiam ter sido revertidas ou tratadas caso o diagnóstico tivesse sido feito ainda nessa fase.

Por isso, realizar o exame do olhinho Ampliado é muito importante para manter saudável e segura a saúde ocular infantil.

Diferenças entre teste do olhinho simples e teste do olhinho ampliado.

O teste do olhinho ampliado é mais detalhado do que o teste do olhinho simples ou vermelho;

E ainda mais tecnológico e por consequência mais avançado.

O exame ampliado também é realizado de forma simples e indolor.

Assim como o teste do olhinho simples.

A diferença é que o teste do olhinho ampliado é feito com aparelho digital de última geração utilizado para tratamentos de doenças oculares neonatais.

O aparelho tem a função de capturar imagens — fotos e vídeos — de alta definição dos olhos do bebê.

Depois de realizado o exame, as imagens serão verificadas por um médico oftalmologista.

A maior diferença entre os testes é a tecnologia, já que o teste do olhinho ampliado conta com um programa digital avançado comparado ao exame do olhinho simples que é realizado com o oftalmoscópio manualmente.

Além de ser feito por um especialista.

4 – Porque o Teste do Olhinho Ampliado?

Mas, você deve estar pensando: “Será que o teste do olhinho simples não é suficiente?”

A diferença é que o teste do olhinho simples muitas vezes não é realizado pelo próprio oftalmologista.

Além disso, ele pode não identificar com tanta facilidade determinadas disfunções visuais, levando ao agravamento da doença e consequentemente ocasionando a perda da visão.

E ainda o exame do olhinho vermelho não utiliza a tecnologia como o Ampliado.

Veja abaixo as vantagens do exame do olhinho ampliado:

  • O exame é mais preciso;

  • Diagnostica e trata de forma precoce várias doenças oculares;

  • As imagens são avaliadas por especialistas em doenças oculares em crianças.

Confira também quais doenças que são diagnosticadas precocemente a partir do teste do olhinho ampliado:

  • Retinopatia de prematuridade;

  • Catarata congênita;

  • Tumores de retina (Retinoblastoma);

  • Infecções e hemorragias da retina;

  • Malformações congênitas dos olhos.

Os esforços deste exame são para detectar doenças oculares nos bebês e auxiliar a família quanto à melhor forma de tratamento.

Certamente todo esse esforço promove a estimulação visual da criança.

O teste do olhinho ampliado permite ainda observar o desenvolvimento ocular do recém-nascido e verificar se está normal.

É claro que o teste do olhinho ampliado não irá evitar que a criança possa desenvolver problemas oculares futuros.

Entretanto, as imagens de alta definição permitem que as doenças oculares sejam diagnosticadas precocemente.

Possibilita assim o tratamento adequado e aumentando as chances de uma completa reabilitação.

O teste do olhinho ampliado não é oferecido no sistema SUS.

Porém a sua eficiência e tecnologia em diagnosticar doenças e tratá-las ainda na fase inicial fazem com que muitas pessoas optem por fazê-lo mesmo sendo pago.

Em resumo, o teste do olhinho ampliado visa oferecer benefícios à criança e a família em relação à precocidade do diagnóstico da doença.

A Baby Eye Care oferece o teste do olhinho ampliado e muitos outros exames para a saúde ocular da criança. Entre em contato agora mesmo com os profissionais e agende o exame do seu bebê!

Nós, da Baby Eye Care Brasil, apoiamos o movimento a favor da saúde ocular dos bebês e acreditamos que o diagnóstico precoce é o único caminho para uma saúde oftalmológica completa

logo da baby eye care brasil - centro oftalmológico infantil

Baby Eye Care Brasil – Centro Oftalmológico Infantil

Gostaria de ter a chance de tratar o seu filho a tempo ou ao menos oferecer-lhe maior conforto?

Contate-nos para mais informações: (11) 3171-3123 ou contato@babyeyecarebrasil.com.br.

Dr. Marcelo Agra Cavalcante Costa - Diretor da Baby Eye Care Brasil

Dr. Marcelo Agra Cavalcante Costa – Diretor da Baby Eye Care Brasil

Dr. Marcelo Alexandre Agra Cavalcante é Professor e Chefe do Setor de Retina Infantil. Cirurgia Pediátrica e Neonatal, telemedicina e Retinopatia da Prematuridade da Santa Casa de SP. Também Membro Internacional da Academia Americana de Oftalmologia, atualmente dedica-se como Diretor da Baby Eye Care-SP.

Artigos relacionados

Gostou desse artigo? Então compartilhe nas redes sociais: